Análises Clínicas

O departamento de Análises Clínicas pretende dar um serviço integral na  área clínica, abarcando desde as análises mais simples de rotina até às mais sofisticadas de genética molecular. Para isso, o departamento conta com diversas unidades técnicas, lideradas por profissionais especialistas em cada uma das distintas áreas de conhecimento, que trabalham em equipa para poder dar resultados e informação que ajudem o profissional a establecer o diagnóstico, realizar o  seguimento e/ou actuar para prevenir a doença.

Por sua vez, o Laboratório incorpora as últimas tecnologías, quer seja com a adquisição de novos equipamentos analíticos automáticos, quer seja através da implementacção de novos softwares de gestão, que nos ajudam a unificar e estandarizar processos. Tudo isto com um objetivo comum: trabalhar com os mais altos standardes de qualidade,  conseguindo a máxima fiabilidade e  exactidão nos resultados.

Estudos Clínicos

O departamento de Estudos Clínicos constitui um apoio firme para a indústria farmacêutica, através do seu trabalho ao nível da investigação, desenvolvimento e inovação que esta indústria promove. Para isso, incorporou os standards máximos de qualidade no seu trabalho, alcançando um elevado grau de fiabilidade e eficácia.

Este departamento está composto por quatro unidades: Estudos Clínicos Fase I, Estudos Clínicos Fase II-IV, Bioanálise-Farmacocinética e Farmacogenética. O seu serviço abrange grande parte dos períodos do Desenvolvimento Clínico de um medicamento. Entre os seus principais campos de actuação, destacam-se os ensaios clínicos multicêntricos, com o apoio do Laboratório central. Outras áreas importantes são a Farmacogenómica, que estuda os poliformismos genéticos, microssatélites ou modelos in vitro; e a Bioanálise-Farmacocinética, que realiza análises quantitativas de fármacos e dos seus metabólitos em matrizes biológicas.

Tudo isto utilizando uma tecnologia de vanguarda como é o caso da cromatografia de líquidos adequada à espectrometria de massas (LC-MS/MS), PCR em tempo real qualitativa e quantitativa, e todo o equipamento técnico e analítico do laboratório central.

Anatomia Patológica

A unidade de Anatomia Patológica baseia a sua actividade no diagnóstico de biópsias (pele, endoscopias, etc.) e peças cirúrgicas. Esta unidade integra também um laboratório imunohistoquímico.

SERVIÇOS:

  • Diagnóstico anatomo-patológico de biópsias e peças cirúrgicas
  • Citologia ginecológica
  • Diagnóstico de amostras citológicas gerais (citologia de líquidos, punção aspiração com agulha fina para lesões sólidas, etc.)
  • Ficheiro de preparações e blocos histológicos, conforme as normativas em vigor
  • Fotografia macroscópica
  • Microfotografia


TÉCNICAS ESPECIAIS:
Histoquímica

  • PAS
  • Plata-metenamina de Grocott
  • Ziehl-Nielsen
  • Vermelho Congo (amilóide)

Inmunohistoquímica:

  • Marcadores de diferenciação celular (7, 20, Cam 5.2, Vimentina, etc.)
  • Marcadores de proliferação (MIB1-Ki67)
  • Produtos de oncogenes (p53, bcl2, p16, etc.)
  • Marcadores linfóides (CD45, CD20, CD3, CD10, etc.)
  • Hormonas (Inhibina, ACTH, etc.)
  • Receptores hormonais
  • c-erb-B2 (Her-2-neu)
  • Agentes infecciosos (citomegalovírus, herpes, etc.)
  • Outros marcadores (PSA, racemase, etc.)
  • Imunofluorescência (Imunoglobulinas, complemento, etc.)